Sonhos de Mamuzinha

Gosto de rosas,são femininas e fracas, se parecem comigo, tenho meu perfume e meus espinhos.

Textos


A pergunta que não quer Calar

A pergunta que não quer Calar



Porque o bem que queremos ou estamos fazendo incomoda
Tantas pedras no caminho que tropeçamos e dói.
Sorrimos quando conseguimos algo, mas e logo vêm as pedras.
Lembrei-me do antigo testamento que diz que o Rei pediu a vitória a Eterno e Ele concedeu. Mas a guerra continuou e o Rei novamente pediu em oração a vitória que continuava a guerra. E O Eterno já tinha enviado anjos e o inimigo tinha interceptado, sua misericórdia enviou mais anjos e assim aconteceu a vitória.
Penso que é para abaixarmos a cabeça e estar atentos e sempre em oração.
Nunca somos vitoriosos por tempos e sim por momentos. Sempre temos de ser humildes e se o orgulho nos vem à mente logo encontramos pedras para lembrarmos que somos humanos e falhos e só a misericórdia divina nos faz vencedores em tudo que fazemos.
As lâmpadas sempre com óleo sagrado e pronto para uso.
Pedir sempre mesmo sabendo que Ele tudo sabe. Louvar sempre o Rei da glória que nos faz vencedores
É o que medito agora e peço por todos em suas dificuldades e as minhas.
Que o Eterno nos envie anjos e assim a vitória do que necessitamos sempre teremos. Louvado seja o nosso Deus.
Amém.
Dione Fonseca
Dione Fonseca ( Mamuzinha)
Enviado por Dione Fonseca ( Mamuzinha) em 23/08/2018
Alterado em 23/08/2018


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras